Índice de evasão de alunos é maior na área de tecnologia da informação

Mundo Digital 28 09/12

A cada três estudantes que entram nesses cursos, apenas um termina. Mercado de trabalho em tecnologia está aquecido, mas falta mão de obra.

Um levantamento realizado pelo Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp) revelou que os cursos da área de tecnologia da informação são os que têm a maior taxa de desistência de estudantes. Isso porque muitos deles são chamados para atuar na área e acabam não conseguindo conciliar o trabalho, que muitas vezes apresenta grande cobrança, e os estudos.

A cada três alunos que entram no curso de sistemas de informação, apenas um recebe o diploma. Em ciência da computação, a cada quatro alunos que entram no curso, apenas um termina. O que acontece é que muitos estudantes são atraídos para o mercado de trabalho, que está aquecido, mas sofre com a falta de mão de obra.

Porém abandonar o curso para ficar no mercado de trabalho pode não ser vantajsoso, além de trazer consequências negativas para o futuro, pois o currículo pode ser desvalorizado. “Muitas empresas não oferecem promoções para pessoas sem curso superior, pois fica complicado administrar a promoção de pessoas sem graduação perante os outros funcionários que apresentam o superior completo”, justificou Rodrigo Malara, coordenador dos cursos de computação.

Segundo o consultor de recursos humanos, Carlos Eduardo Petroni, grandes empresas não costumam contratar profissionais sem curso superior e em momentos de crise, quando as empresas precisam demitir, os primeiros a perderem o emprego são aqueles que não possuem o diploma. “Por isso que todo mundo precisa se fundamentar muito bem e possuir uma qualificação consistente, para poder estar a qualquer momento em condições de empregabilidade”, afirmou Petroni.

Prevenido, o estudante de engenharia da computação José Carlos Reina entendeu a lição. “Trabalho em dois empregos e continuo estudando. Abandonar o curso nem pensar”, garantiu.

Fonte: G1 – Portal Globo


Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>